O que é e para que serve a OEA?

A Organização dos Estados Americanos (OEA) é uma organização internacional criada pelos Estados do Continente americano[1] a fim de conseguir uma ordem de paz e de justiça, promover sua solidariedade e defender sua soberania, sua integridade territorial e sua independência (artigo 1 da Carta da OEA).

Porque a Cuba foi expulsa da OEA?

Fazem parte dele as 35 nações que compõem as três Américas, mas, desde 1962, Cuba foi suspensa. A medida aconteceu três anos após a Revolução Cubana ter colocado o país em um regime comunista. A justificativa da OEA foi a de que a ilha havia se tornado perigosa, pois estava alinhada à China e à União Soviética.

Quais são os países que fazem parte da OEA?

Estados Membros
  • Missões Permanentes. Antígua e Barbuda. Argentina. Bahamas (Commonwealth das) Barbados. Belize. Bolívia. Brasil. Canadá Chile. Colômbia. Costa Rica. Cuba 1 Dominica (Commonwealth da) El Salvador. Equador. Estados Unidos da América. Grenada. Guatemala. Guiana. Haiti. Honduras. Jamaica. México. …
  • Representantes Permanentes.

Qual é o papel da OEA?

Entre os objetivos da OEA estão a cooperação entre os seus membros, a consolidação e promoção da democracia representativa, bem como do desenvolvimento dos países-membros, e a garantia da soberania, paz e justiça entre os Estados americanos, conforme descrito na Carta da OEA.

Qual é o mais antigo organismo regional do mundo?

Organização dos Estados Americanos
A Organização dos Estados Americanos é o mais antigo organismo regional do mundo. A sua origem remonta à Primeira Conferência Internacional Americana, realizada em Washington, de outubro de 1889 a abril de 1890.

Quais os problemas enfrentados por Cuba após a Revolução Cubana?

Em 1961, os Estados Unidos romperam relações diplomáticas com Cuba e impuseram um bloqueio econômico à ilha. Com esse rompimento diplomático, os cubanos se aproximaram da União Soviética e receberam auxílio financeiro até 1991, quando a superpotência comunista foi extinta.

Qual a importância da OEA para o Brasil?

Como membro da OEA, o Brasil tem direitos e deveres, como respeito ao Direito Internacional, não interferência em assuntos internos de outros Estados e não recorrer ao uso da força para solução de conflitos.

Qual a importância do Brasil fazer parte da OEA?

A OEA tem importância relevante na disseminação de direitos fundamentais, no Brasil e, em uma concepção mais abrangente, na América Latina. … 8.1), assimilado, de modo mais expresso, pela Constituição da República Federativa do Brasil, apenas com a emenda constitucional n. 45, de 2004[2].

Quais são os principais objetivos da NAFTA?

O principal objetivo com a criação do NAFTA foi reduzir ou eliminar as barreiras comerciais entre os três países que formavam a América do Norte. … Entre os principais objetivos do NAFTA estava o fim das barreiras alfandegárias e econômicas, reduzindo os custos comerciais entre os países membros.

O que é a Comissão Interamericana de Direitos Humanos?

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos é um órgão autônomo da Organização dos Estados Americanos que tem como função principal promover a observância e a defesa dos direitos humanos e servir como órgão consultivo da Organização em tal matéria.

Quais são as principais características do NAFTA?

criação de uma zona livre de comércio; eliminação de barreiras alfandegárias; intensificação das relações econômicas, comerciais e políticas entre os 3 países; redução da taxação de impostos para produtos importados/exportados entre os integrantes do bloco.

Qual a importância do NAFTA para o México?

O México ingressou no Nafta a partir de uma manobra dos Estados Unidos e do Canadá, que tinham o objetivo de instalar suas empresas em território mexicano e usufruir de benefícios fiscais, mão de obra barata, matéria-prima, etc.

Quais são as principais características da União Europeia?

As características da União Europeia, em destaque, são: * livre comércio entre os países-membros; * integração política entre os países; * livre circulação de pessoas entre os países-membros (algo que somente a UE faz atualmente);

Quais as principais diferenças entre o NAFTA e o Mercosul?

Os instrumentos adotados pelo MERCOSUL e o NAFTA diferem, visto que o MERCOSUL é mais ambicioso, envolvendo a criação de um mercado comum, enquanto que o NAFTA apenas visa estabelecer uma zona livre de comércio. Apesar das diferentes estruturas, as duas iniciativas são interessantes do ponto de vista econômico.

Porque o NAFTA representa dependência econômica para o México e domínio econômico para os EUA?

Entre as características do Nafta, a que mais se destaca é a elevada desigualdade econômica entre os seus países-membros. … Elas se aproveitam do baixo custo da mão de obra mexicana para reduzir os custos de produção, além da proximidade entre os dois países, o que barateia os gastos com transporte.

Quais os principais avanços da economia mexicana após a entrada no NAFTA?

As exportações mexicanas mudaram muito após o inicio do NAFTA em 1994. O país passou de um grande exportador de petróleo nos anos 80 (60 por cento de suas exportações) para exportador de manufaturas. A participação do petróleo caiu para 10 por cento em 2000 (UNCTAD, 2007, p. 71).

O que é o NAFTA e o Mercosul?

O MERCOSUL, a União Europeia, o NAFTA e a ALCA, por exemplo, são alguns deles. O MERCOSUL (Mercado Comum do Sul) foi criado em 1991, a partir do Tratado de Assunção. Seu objetivo principal é facilitar a circulação de mercadorias, que devem ser isentas de fiscalização e de impostos alfandegários.

Qual a diferença entre os dois tipos de blocos econômicos?

União aduaneira: consiste numa zona de livre comércio com uma Tarifa Externa Comum (TEC), que é uma taxa que encarece os produtos de países que não são do bloco. … Mercado comum: é um bloco econômico com elevado padrão de integração, no qual há livro comércio e livre circulação de pessoas, informações, capitais e bens.