Quem pode ser o fiador?

Pode ser um fiador de aluguel qualquer pessoa física ou jurídica, desde que possua renda líquida superior a 3 vezes o aluguel mais os encargos da locação, como condomínio e IPTU. Além disso, ao menos um dos fiadores deve possuir patrimônio que deve ser, de preferência, um imóvel quitado.

Como funciona ser fiador de aluguel?

O fiador de aluguel é a garantia dada pelo inquilino de que suas futuras dívidas relacionadas à locação serão pagas e que, assim, a imobiliária ou dono de imóvel não vão sair no prejuízo. Essa é uma das modalidades de garantia locatícias mais usadas, mas, às vezes, representa um obstáculo para futuros locatários.

Como faço para conseguir um fiador?

Uma das formas de conseguir um fiador é através do apelo a um familiar, parente ou amigo. Nesse caso, o compromisso de ser fiador é algo que a longo prazo e a depender das circunstancias pode ser penoso. Outra forma de conseguir um fiador é através do pagamento de um serviço ou contrato de fiador profissional.

Quando o fiador tem que pagar?

A lei, de 1990, já determina que se o inquilino não pagar o aluguel e deixar uma dívida para o proprietário, quem tem que assumir o pagamento é o fiador. Se não tiver como pagar, o patrimônio do fiador pode ser penhorado, inclusive a casa onde ele mora.

Tem que ter o nome limpo para ser fiador?

É necessário ter o nome limpo e possuir uma casa própria na mesma cidade que será a locação do imóvel. E para comprovar a renda e suas posses, o fiador do imóvel alugado deverá preencher uma ficha cadastral e apresentar alguns documentos, entre eles estão: Documento Pessoal (RG, CPF, CNH);

Quanto custa um fiador?

O custo do serviço envolve tanto a concessão de documentos, que gira em torno de R$50 a R$80 reais e o valor pelo serviço, sendo este último analisado pelo próprio fiador.

Qual é a responsabilidade do fiador?

O fiador é alguém que passa a ser o responsável legal por garantir eventuais dívidas de terceiro. Dessa forma, a fiança é uma garantia pessoal (fidejussória) e por conta disso, a pessoa que garante o adimplemento é a universalidade de bens penhoráveis do fiador.

Sou fiador E a pessoa não pagou posso processar?

Fiador pode processar o afiançado porque se subroga nos direitos do credor podendo pela via judicial cobrar o locatário que não pagou e ele teve que pagar.

O que pode acontecer com o fiador?

Ser fiador de aluguel, no entanto, envolve riscos financeiros e judiciais. O principal risco financeiro é o de arcar com o pagamento do aluguel em caso de inadimplência do inquilino. Outro risco é ter até mesmo seu imóvel penhorado em caso de processo judicial.

Como o fiador pode se proteger?

O fiador tem como se defender, mas ele não pode se negar a uma obrigação que ele assumiu lá no princípio. O que acontece, na maioria dos casos de fiança, é que o fiador: “não se preocupa – na realidade, ele” não tem nem consciência do tamanho da obrigação que ele assumiu.

Como tirar a responsabilidade do fiador?

O fiador poderá exonerar-se da fiança que tiver assinado sem limitação de tempo, sempre que lhe convier, ficando obrigado por todos os efeitos da fiança, durante sessenta dias após a notificação do credor.

O que a Bíblia fala sobre ser fiador?

Significado de Fiador

substantivo masculino Aquele que afiança ou assegura o cumprimento de deveres e obrigações de outro; abonador. Aquele que se responsabiliza em pagar uma dívida, caso outra pessoa não consiga pagar; afiançador, avalista.

Sou fiador posso perder meu imóvel?

Único imóvel de fiador de locação comercial não pode ser penhorado. Assim decidiu a 27ª câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo. No entendimento do colegiado, neste caso deve prevalecer o direito à moradia.

Sou fiador e quero tirar meu nome?

O advogado Ricardo Pereira Giacon, do escritório MPMAE Advogados, explica que basta o fiador comunicar ao locador que deixará de ser corresponsável pelo pagamento do aluguel. “Esse comunicado é uma simples notificação de que ele vai deixar de ser fiador”, explica.

Quando o fiador pode se exonerar?

De acordo com o artigo 835 do Código Civil: Art. 835. O fiador poderá exonerarse da fiança que tiver assinado sem limitação de tempo, sempre que lhe convier, ficando obrigado por todos os efeitos da fiança, durante sessenta dias após a notificação do credor.

Até quando o fiador é responsável pela locação do imóvel?

De acordo com a nova redação da Lei 8.245/91, o fiador fica obrigado por todos os efeitos da fiança durante 120 dias após a notificação do credor. Neste caso, o locador notifica o locatário para apresentar nova garantia locatícia no prazo de 30 dias, sob pena de desfazimento da locação.

O que acontece quando o fiador vende o imóvel dado em garantia?

O imóvel do fiador não é garantia de pagamento do aluguel, caso o locador não cumpra a sua obrigação. A garantia é a própria pessoa do fiador. Sendo assim, o fiador não está impedido de vender seus bens e este fato não exclui a fiança. Se ele vendeu, ainda continua sendo ele o garantidor do contrato.

Como deixar de ser fiador em contrato de locação?

Basta você elaborar por escrito uma declaração de Desistência da Fiança, lembre-se sempre de enviar ao Locador ou a Imobliaria e ao Inquilino através do Correio como Carta Registrada. Desta forma você estará Legalmente Coberto por Lei !

Tem como deixar de ser avalista de alguém?

Para deixar de ser avalista, terá o banco de dar o seu acordo. O banco irá certamente averiguar se a pessoa a quem vai ceder a sua quota tem património e apenas em caso afirmativo aceitará a substituição da livrança.

Como pedir exoneração de fiança?

Para ele, se o fiador desejar pedir a sua exoneração, deve fazer, no período de prorrogação contratual, a notificação prevista no artigo 835 do Código Civil, mesmo quando houver expressa renúncia ao direito à exoneração, mas antes do início da inadimplência e da cobrança pelo afiançado, contra o fiador, do crédito por …